terça-feira, 10 de maio de 2011

Das coisas óbvias


O que não aproxima, afasta.

Um comentário:

Alexandre disse...

Gostei. Obrigado pela reflexão. É "das coisas óbvias" que nem sempre percebemos.