domingo, 13 de fevereiro de 2011

aviso


difícil encontrar alguém que seja inteiro. resta encontrar pedaços de gente. e por mais que vasculhe lado a lado, o corpo inteiro como um mapa, ideias e pensamentos, sempre escondemos um canto escuro, uma sala fechada, uma lua minguando. 
porque uma parte de nós é só nossa. porque do lado de dentro é só baú. porque nem sempre o que somos pode um dia vir à tona. 
parece que para sermos livres de verdade precisamos manter um pouco do nosso mistério. senão, perde-se a leveza do anonimato. perde-se a alma de ser somente. 
é preciso esconder um pouco, fechar algumas portas, encostar as janelas. 
qual a vantagem de deixar entrar se quem entra descobre logo a saída? tudo é efêmero demais, rápido demais, passageiro demais. tudo passa, tudo corre. é um vento que vira brisa. é uma onda que vira mar. é um céu que nasce azul e logo escurece. 
na porta, um aviso: difícil entrar, raro conseguir sair...

4 comentários:

little marcy disse...

ai...ai.. ADORO tuas palavras... esse post entao, mmmmm love it!!!

Virginia disse...

Adorei o aviso: difícil entrar, raro conseguir sair... :)

Unidade disse...

:) uma raridade...

Flávia Vasconcellos disse...

Preciso confessar: eu amo o q vc escreve Nai. Me emociona sempre!
Admiro vc!