quarta-feira, 30 de março de 2011

não diga nada

não diga nada não
deixe o tempo costurar
essa linha nossa trança
tua dança  meu enlevo

não diga nada nem não
pro tempo poder sarar
essa lua nosso verso
teu enredo meu fervor

tampouco pense
o tempo faz passar
sem pesar nem dó
a tristeza

e a solidão

2 comentários:

enquantopalavra disse...

Lindo isso, Nai!
Bjs

Lucas

Naiana Alberti disse...

a intenção era chegar em você. :)